Geral

Publicada em 4 de fevereiro de 2013 - 11 h 50
Sindicato se reúne com trabalhadores da CSN para tratar da vitória no Processo da “Hora de Refeição”

Metalúrgicos da CSN se encontraram quinta-feira (31) com a direção do Sindmetal-SF, na sede do Retiro, para tomar conhecimento dos valores que deverão receber nos próximos meses, referente ao ganho do Processo da “Hora de Refeição” que o sindicato ajuizou em favor dos trabalhadores, em 2007. 

Na reunião, os valores a serem pagos judicialmente pela CSN foram apresentados pelos assessores jurídicos da presidência, João Nery Campanário e Stella Maris Vitale, logo após a explicação sobre o cálculo conclusivo que vem sendo apresentado pela assessoria jurídica da empresa, com o acompanhamento do sindicato. 

Para quem não sabe, este processo iniciou em 2007 e é consequência de um dos principais compromissos assumidos pela gestão do presidente Renato Soares, que foi o restabelecimento do turno de 6 horas na CSN. 

O turno de 6 horas foi fruto de uma intensa luta travada por metalúrgicos em todo o Brasil, inclusive como uma das reivindicações da greve de 1988, em Volta Redonda. Depois de se tornar um direito constitucional (aprovado na Constituição Federal de 1988), infelizmente, foi usurpado pela direção do sindicato da época, através de acordos com a direção da empresa, durante 14 anos. E isso refletiu a redução do número de empregos e comprometeu seriamente a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras da usina. 

Nesta quinta-feira (31), ao final da reunião foi visível o grau de satisfação dos trabalhadores que estarão recebendo um dinheiro que nunca foi esperado por eles. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, comentou: “Eu fico muito feliz principalmente porque eu sou um desses trabalhadores que viveu tudo isso. Éramos encantados pelo “canto da sereia” da grana rápida e que também acabava rápido, por isso tivemos os nossos salários achatados durante tantos anos. Uma perda que ainda tento recuperar, insistentemente, durante os seis acordos que participo à frente do sindicato”.

Seu nome:
Seu-email:
Nome do amigo:
E–mail do amigo:
 
 
Você acha que o Brasil está preparado para sediar a Copa 2014

Sim.
Não.